Retro Games Revival: 04/18/13

Pesquisar

Carregando...

18 de abr de 2013

Toofy´s Winter Nuts

Introdução
Segundo jogo do personagem Toofy de Paul Jenkinson. E esse "Toofy 2", é um jogo de plataforma, pula-pula simples, como é a maior parte dos jogos realizados com o AGD de J.Cauldwell. 

Ah, sim! Nem todos os AGD Games são de pulo-plataforma, nem o Toofy 1 (Toofy in Fan Land) é. Alias, T.I.F.L. é um jogo com uma proposta mais interessante do que esse Toofy 2.
É possível que em breve (ou não tão em breve) Toofy in Fun Land seja resenhado aqui. 

Mas então, qual o motivo do Toofy 2 aparecer aqui primeiro?
O motivo foi que eu testei, fui jogando e acabei terminando. Então estou aproveitando para registrar...



O Jogo

Como dito anteriormente, é um jogo de pulo-plataforma simples - nada difícil mesmo -, e gostoso de jogar.   

O canalha do Toofy (que eu não imagino que bicho é) resolveu dar um prejuízo aos esquilos. 
Como o título do jogo já diz, ele resolveu coletar (roubar se aplica melhor) nozes para passar o inverno. 
Jogar Toofy's Winter Nuts é simplesmente saquear nozes, pular e se esquivar dos inimigos pelos cenários. 

Em alguns momentos, os cenários lembraram um pouco os de ANTIQUITY JONES, e em outros, os de CHOPPER DROP.  
Vale salientar que apesar disso, todos esses cenários estão muito bem feitos.
Os Inimigos
Além dos esquilos rondando quase todas as telas, temos um esquilinho sinistro que flutua, subindo e descendo. Ele me lembrou um Baphomet como apresentado por Eliphas Levi

Nas fases finais, também teremos rochas rolando e peixes para pular ou se esquivar.

Conclusão
O jogo conta com uns efeitos sonoros... diria que, clássicos no Speccy. E a "musica"  de background, é uma marcação (também) clássica de bateria.
Somando isso tudo com uma ótima jogabilidade, Toofy´s Winter Nuts me pegou! Quando vi, cheguei ao fim e não vi o tempo passar. 

Joguei cinco fases bem diversificadas, elaboradas com várias telas.

Paul Jenkinson tem o dom de fazer esses jogos pegajosos e,  que são diversão garantida. Jogos que prendem por serem descompromissados, sem estresse de completar a missão, porem, paradoxalmente, quando você menos percebe... você completa! Surge o CONGRATULATIONS.

Nota:
Eu não sei como está a versão1.2, mas eu detectei um bug como em Antiquity Jones, ao qual consistia em travar o personagem no cenário quando entravamos pulando de uma tela para outra.


Referências:
Toofy's Winter Nuts na  Random Kak (de Paul Jenkinson)
Toofy's Winter Nuts na  WoS (Download, mapas, infos)
Vídeo de Gameplay:  AQUI

Aprenda AGD e faça seu jogo com os Tutoriais em Vídeo de Paul Jenkinson: AQUI
 
  FICHA
  • Jogo..............TOOFY´S WINTER NUTS
  • Release........PAUL JENKINSON (2013)
  • Sistema........ZX SPECTRUM
  • Estilo.............Plataforma, Pulo, Ação


Pac-Man VIC-20

Aqui está o Pac-Man na versão oficial da Atari para o VIC-20.
Tudo muito parecido com Jelly Mosnters... e não é para menos. Mais adiante explico.

Antes, vamos fazer uma breve mas, inevitável comparação entre as versões Commodore e Atari
Os gráficos me parecem iguais, ou pelo menos são muito parecidos.
Os efeitos sonoros são legais, mais inferiores aos de Jelly Monsters.
O labirinto tenta ser mais fiel ao da versão arcade, porem, assim ele ficou achatado e curto demais. O que por si só, já atrapalha a jogar. Mas a jogabilidade já é mesmo um pouquinho truncada.

Apesar de parecer bastante sugado de Jelly Monsters, não é uma versão ruim. Ou.. não é ruim por ser sugada.
A Atari fez muita coisa pior com seus Pac-Mans oficiais pelas plataformas nas quais explorou a franquia.

A explicação para a Commodore não ter lançado Jelly Mosnters como o Pac-Man oficial do VIC-20, é que a Atari detinha o direito no ocidente.

Um pouco de história burocrática 
Quando o VIC-20 foi lançado em 1980 lá no Japão, softhouses locais tiveram a tarefa de desenvolver alguns títulos; inclusive, três clássicos instantâneos da NAMCO: Rally-X, Galaxian e Pac-Man

Quem desenvolveu Jelly Monsters foi a HAL Laboratory, que é sinonimo de qualidade, com certeza.

Mas o problema é que esses jogos eram licenciados apenas na terra do sol nascente.

A partir daí, vocês podem imaginar os problemas entre a Commodore e a Atari.
Ainda bem que, pelo menos hoje é fácil encontrar esses jogos.

Agradeço ao Carlos Bragatto e ao José Agripino da lista Canal-3. A partir do papo com eles, essa matéria se tornou possível.

Referência: Retrogamer

Sobre essa versão na:
Games Database  (dona das screens)

Jogos para VIC-20: AQUI  



FICHA
  • Jogo..............PAC-MAN
  • Release........ATARI SOFT (1983)
  • Sistema........VIC-20
  • Estilo.............Labirinto, Ação, Perseguição
  • VÍDEO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...