Retro Games Revival: GetEmDX

2 de mai de 2013

GetEmDX

Como este é um jogo com um tratamento profissional e comercial, ele tem um enredo,  mas este é longo e bobinho pra caramba. Não vou transcreve-lo aqui. O enredo não influencia na  jogatina, que é o mais importante.

Resumindo o enredo, os bichinhos felizes aí, o Getty e a Emma, foram aprisionados nas Masmorras do Infinito de Nyarlu pelo rei troll. E quem for jogar, comandará um dos dois na busca pela liberdade.

Comercialmente, Get'Em DX está disponível em cassete, disquete e cartucho. 
A versão comercial suporta multiplayer com o outro personagem, a Emma
Na versão free, só jogamos com o Getty.

Alguns elementos de Pac-Man estão presentes aqui. O labirinto, a perseguição, coleta de cruzes (não são pontinhos segundo a descrição do jogo). Mas há muitas coisas diferentes para classifica-lo como um clone de Pac-Man. É apenas um jogo com "um o que de" Pac-Man. Um Pac-Man metralhador, como dizem os responsáveis pela obra.
 
Origens
Inicialmente foi lançado Get'Em (2011) para o concurso da RGCD C64 16KB Cartridge Game Development Competition.  
Georg Rottensteiner programou Get'Em fortemente inspirado no Forget me Not de Brandon Williamson, mas não chega a ser um retro port. Nem o Get'Em DX é.

Em Get'Em, comandamos um Smile. Parece um protótipo do Get'Em DX. É apenas um jogo menos sofisticado, porem,  o esquema é o mesmo de Get'Em DX.


Jogando
Você tem que recolher as cruzes pelo labirinto enquanto se esquiva e metralha os inimigos, e assim vai transformando os mesmos em bônus e power-ups

Recolhendo todas as cruzes, surgirá a chave. Pegando a chave, é só correr para a fechadura que aparece e, passar para a próxima fase.

Inimigos e os pontos por abate-los
A metralhadora está em auto-fire. Você aciona os tiros na direção que desejar, segura o fire e vai comandando o seu personagem em qualquer outra direção enquanto metralha tudo. 

As bombas (Bombor) detonam tudo por perto. Até o labirinto fica deformando.

Algo interessante ocorre com os labirintos. Estes são gerados aleatoriamente! 

Tabela dos Power-ups e suas funções
Por exemplo, se você está em uma partida e para, quando for carregar o jogo em outra oportunidade, dificilmente  o mesmo labirinto inicial se repetirá.

Conclusão
Os gráficos são simplórios, mas bem legais. 
Boa musica e bons efeitos sonoros acompanham uma ótima jogabilidade.

Isso faz desse viciante jogo uma ótima oportunidade para passar muito tempo recolhendo itens,  atirando, recolhendo e atirando. Coisa retro, mas num contexto novo e muito divertido.

Referências:
Psytronik
RGCD
CSDB

Videos do Forget me Not: 1 e 2


FICHA

  • Jogo..............GET'EM DX
  • Release........PSYTRONIK SOFTWARE/ RGCD (2012)
  • Sistema........ C64
  • Estilo.............Shootter, labirinto, ação
  • Vídeo


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...