Retro Games Revival: Gommy Medieval Defender

30 de out de 2013

Gommy Medieval Defender

Gommy Medieval Defender
Nas guerras da era medieval, as invasões aos castelos eram rotina. Em Gommyland, tudo estava preparado para receber os inimigos postados em frente aos muros do castelo.

Gommy levou sua armadura e ficou pronto para defender o local, juntamente com os seus companheiros ... Mas a coisa não vai ser tão fácil: seus superiores, o rei, vassalos, servos e soldados haviam desaparecido.
Ele resolveu iniciar a batalha e derrotar todos que se atreverem a subir as altas e imponentes muralhas do castelo.

Gommy deve repelir o ataque inimigo pegando pedras que aparecem no topo da muralha  para arremessa-las nos guerreiros em escalada. 
Se Gommy estiver mais para a direita, a próxima pedra surgirá nesse lado. Se estiver mais para esquerda, a próxima pedra aparecerá na esquerda.
Aconteça o que acontecer, tente a todo o custo não deixar nenhum soldado inimigo chegar ao topo do muro, e não deixe qualquer objeto vindo de baixo atingir Gommy.
Toda vez que algum destes infortúnios ocorrerem, Gommy vira esqueleto, perde uma vida.

Power-ups 
Durante o gameplay, surgirão alguns power-ups. São eles:
  1. [Armadura] A pedra consegue matar múltiplos inimigos;
  2. [+1] Você ganha uma vida;
  3. [Relógio] Congela os inimigos por alguns segundos;
  4. [Raio] (Contra Power-up) Os inimigos escalam o muro mais rapidamente por alguns segundos.

Cuidado com o Boss!
A cada três fases de pedradas vamos para uma balista-canhão-móvel atacar o líder dos invasores - que é o monstro que dá as caras nas janelas.
Cuidado ao lançar o projétil. Ou melhor, se lançar! Pois o projétil é próprio Gommy com um capacete pontudo!
O monstro também lança alguma coisa lá de cima. Me parece algo de magia. Há muitos indícios neste jogo de que o exercito inimigo tem a magia negra como aliada. 
Cada tiro errado lhe custa uma vida. Ou seja, se errar todos os tiros, o jogo acaba. 
Se o monstro se esquivar, você perde um coração! 
Se você acertar nos projeteis inimigos, você perde um coração também! 

Fases mais avançadas
Tiros aleatórios de flechas inimigas vêm de baixo para cima. As flechas têm diversas velocidades. Se tocar numa delas você perde uma vida e a fase é reiniciada.
Existem obstáculos que podem destruir suas pedras, então terá que mirar com cuidado.

Mais para frente, os inimigos usam escudos aleatoriamente. Você terá que lançar as pedras duas vezes sobre o mesmo. Uma para desarmar o escudo e outra para matá-lo.


As Versões
Tanto na versão ZX-Spectrum como na MSX 1 o jogo se mostra excelente! 
Este foi um port digno do Speccy para MSX, como todos os das eras passadas deveriam ter sido feitos... aproveitando os recursos do MSX.

A versão MSX da Dimension Z e de Nenefranz tem a parte gráfica mais caprichada. Assim como a movimentação do personagem está mais fluida, melhor animada, com mudança de perfil. 
Na versão Spectrum, Gommy fica apenas "de frente" (como um siri) no gameplay. Na intro e no fim de cada fase ele vira e anda normalmente.

A versão Spectrum tem mais "esmerilho" entre as fases. Telas (Speccy Art) com os personagens são apresentadas entre elas.
No MSX, os power-ups me pareceram mais frequentes.

Nas telas onde a noite chega, na versão Spectrum tem até raios por de trás do castelo. Mas estes não impedem Gommy na sua batalha.
Quase no fim, como pura mágica os soldados inimigos viram pedra e precisam de duas pedradas rápidas para serem destruídos! Com apenas uma pedrada, rapidamente eles voltam ao  estado petrificado quase que de imediato.

Lá pela fase 23, não sei se pelo efeito dos raios, os soldados inimigos se apresentam como esqueletos.
Eu não sei ao certo, mas os soldados inimigos me pareceram meio que com cascos reptilianos em fases posteriores. 

Na fase 25, aparecem uns canhões lançando suas bolas (marcadas com B). 
Após as pedradas de Gommy, as bolas viram uma malha radioativa. 


 
Depois de outra pedrada, o estrago na muralha é evidente!




Conclusão
Impressiona um jogo com gráficos tão variados e coloridos, com ótimas musicas e efeitos sonoros "pedir" apenas 16K no MSX.
No Spectrum, para ter musica, é preciso ter de um 128. 
O ZX-Spectrum 48 roda Gommy, porem, sem som.

As fases tem muita variação gráfica, telas muito coloridas, extremamente coloridas! Bonito! Mas as vezes atrapalha na identificação dos escaladores.
Mas tirando isso, a parte gráfica é soberba.

A ideia de Pagantipaco pode não ser super original, mas a genialidade concentrada na reunião de elementos (somasse aqui as ótimas melodias de WYZ) e, os artifícios usados na criação geraram um jogo primoroso!
Vencedor no ZX-Spectrum, condecorado no MSX.
Outra obra prima retrocomputacional realizada em tempos atuais! 

Gommy Medieval Defender é divertido, desafiante e bom para disputas.

Notas:
  1. A versão MSX foi concebida inicialmente para MSXdev'13, (na qual Gommy ficou na 4a colocação). Uma versão com melhorias para o formato cartucho foi anunciada por Nenefranz! O progresso desta empreitada pode ser conferida nos Foruns do Karoshi e no blog do Konamito.
  2. Quando roda nos MSX 2 ou superiores, a palette é "enhaced" (aproveita os recursos gráficos destas maquinas). Isso mesmo na versão MSXdev!
  3. Posso dizer que essa matéria teve uma colaboração fundamental do amigo Chung. Quando eu lancei o rally com Gommy na comunidade de MSX no Orkut ele foi o vencedor e, muitas das dicas aqui na matéria foram dadas por ele.
Não costumo assinar as matérias, mas essa aqui foi obra de:
Luiz Eduardo & Jin Chung.
ZX SPECTRUM




MSX 1

////Jogo.....: GOMMY MEDIEVAL DEFENDER
////Release.: RetroWorks / Pagantipaco (2009)
                     Dimension Z / Pepe Vila e Nenefranz    (2013)
////Sistema.: ZX SPECTRUM - MSX 1
////Estilo....: Arcade, Ação 

Links e Referências:
Versão ZX-Spectrum
WoS (forún)
RetroWorks

Versão MSX
Gommy na MSXdev'13 
MSXBlue-dev
Dimension Z 

2 comentários :

  1. Opa! Por essa eu não esperava ^_^. As resenhas sobre os jogos estão muito boas.E estou feliz por ter participado do gommy de certa forma XD.

    O Legal do Rally, é que tem bastante experiência da época vivida no auge do jogo, ilustrada de várias formas. Isso acaba mostrando muito da história do mesmo aqui no Brasil.

    Como o material existente como blogs, resenhas e entrevistas, quem sabe um dia não montamos um super-documentário tupiniquim, falando sobre MSX , spectrum e similares... ^_^

    ResponderExcluir
  2. Opa parceiro.:)
    Realmente o rally é um somatório de experiências e informações.
    Vou lembrar de consultar a comunidade em um próximo review de um jogo rodado por lá. :)

    Quanto a blogs-sites de reviews de jogos de reto computadores... acho que tem muito pouco aqui no Brasil. Tem mais de VGs. :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...